Faixa de pedestre é para ser respeitada

People crossing the streetRetornando da licença à maternidade, confesso que senti muita falta de escrever os blogs e conversar com os internautas. E de volta ao trabalho recebi um convite para falar numa rádio sobre a campanha do Batalhão de Trânsito – BPTRAN – iniciada ontem em Curitiba, sobre o uso e respeito à faixa de pedestres. Algumas perguntas foram feitas pelo radialista e achei importante comentar aqui a seguinte: mas de quem é a culpa dos atropelamentos, do motorista ou do pedestre?

Em minha opinião, todos são responsáveis pelo trânsito, afinal o motorista não nasceu dentro do carro, antes de dirigir ele já era e continua sendo um pedestre. Portanto o CONDUTOR seja de automóvel, moto ou veículo de grande porte, deve considerar que:
• Quando está na condição de pedestre quer respeito e um pouco de paciência por parte dos condutores. Então porque não ter um pouco mais de paciência com os pedestres, que também tem um destino, assim como os que estão motorizados?
• Deve lembrar que ele, bem ou mal, aprendeu a se comportar no trânsito e conheceu as normas para circulação nas vias. O pedestre nem sempre conhece todas as regras, direitos e deveres e, muitas vezes, desconhece a verdadeira dimensão dos riscos para a sua vida ao ter atitudes perigosas no trânsito. Então é dever do condutor PREVER e EVITAR atropelamentos, independente do comportamento errado do pedestre.
• Deve considerar que o elemento mais frágil é o pedestre e não ele, que tem o veículo como um escudo protetor. Quem sai perdendo sempre é o pedestre.

Já o PEDESTRE precisa:
• Dar-se conta que nem sempre está sendo visto pelo condutor.
• Estar mais atento, ser menos apressado, e parar de atravessar a rua entre os carros.
• Usar a faixa de pedestres onde existir e parar de oferecer perigo para si e para os outros usuários.
• Usar a regra de ver e ser visto que significa prestar atenção se o condutor o enxergou e estar realmente atento a movimentação de todos os tipos de veículos.
• E onde não houver faixa, olhar cuidadosamente para os dois lados e atravessar em linha reta.

A responsabilidade é de todos, mas é preciso que as campanhas educativas de trânsito sejam frequentes. Além disso, estruturar a cidade com mais faixas de pedestres e fiscalizar pedestres e condutores com freqüência e rigor. A convivência precisa ser pacífica, ordenada e de respeito mútuo, mas isso só se constrói com um trabalho constante e de longo prazo.

Faça a sua parte: respeite e use a faixa de pedestres. Aguardo a sua participação respondendo à pergunta: de quem é a culpa dos atropelamentos?

17 respostas para “Faixa de pedestre é para ser respeitada”

  1. Profeta escreveu:

    Como cidadão no trânsito, temos direitos e deveres, mais nem sempre esses direitos são respeitados. Na realidade todos nós, negligenciamos um pouco as leis e normas de trânsito. Seja na condição de pedestre ou condutor e sem deixar de fora, a responsabilidade dos órgãos de trânsito, que em boa parte dos casos são omissos. Enfim todos nós temos nossa parcela de culpa!

  2. Davi escreveu:

    Parabéns pelo Blog!!

    Estou com uma dúvida: hoje eu fechei um carro sem querer e o motorista parou do meu lado e eu falei que tinha dado seta e ele me disse que anotou minha placa e que eu ia ver o que ia acontecer!

    Posso estar correndo algum risco? Eu também anotei a placa do outro veículo e o pessoal se recusou a fazer um boletim de ocorrência.

  3. Rosângela escreveu:

    Faço minhas as palavras do Profeta.
    Concordo com ele.
    Se estamos como motorista achamos que nós é que somos “donos” da via, como pedestre temos o mesmo pensamento, que o carro tem que esperar, pois ele tem que respeitar os pedestres.
    Na verdade o que falta é uma boa politica para Educação para o Trânsito.
    Uma politica séria. O que tem no CTB é muito pouco se quisermos de fato que nossas crianças cresçam com outra consciência sobre trânsito e os adultos se conscientizem que o trânsito não é brincadeira e que uma das principais causas de morte em nosso país.

  4. abner de Oliveira Vasconcelos escreveu:

    Eu trabalho nesse seguimento desde 1970, pude perceber durante todo esse tempo que o melhor motorista é aquele quando está pedestre, nessa condição ele percebe todos os erros que os outros cometem.

  5. Êrica Nickel escreveu:

    Olá profeta
    Realmente, cada um tem sua parcela de culpa, mas cabe a nós, que já temos a consciência de segurança no trânsito fazer a nossa parte.
    Continue participando.

  6. Êrica Nickel escreveu:

    Olá Abner

    O difícil é colocar-se no lugar do outro: motoristas ou pedestres, mas se isto acontecesse com mais frequencia com certeza teríamos um trânsito mais seguro.
    Continue participando.

  7. Êrica Nickel escreveu:

    Olá Davi
    Só se recebe multa de agentes de trânsito, municipal, estadual, federal. De repente a pessoa que anotou sua placa só quis te intimidar. Agora, se você receber a multa na sua casa, procure os órgãos competentes para averiguar o que aconteceu, já que você anotou o n. da outra placa também. De qualquer maneira acho pouco provável que a multa realmente aconteça.
    Continue participando.

  8. Êrica Nickel escreveu:

    Olá profeta

    Acredito que nós sempre erramos no trânsito, seja por pressa, distração, estresse, até porque não somos perfeitos. Mas o importante é sempre buscarmos diariamente fazermos o melhor. E não é que muitas vezes até conseguimos?
    Continue participando.

  9. Luciana escreveu:

    Concordo com o trecho que diz que o motorista teve de aprender a se comportar no trânsito, pois conheceu as normas para circulação nas vias, já o pedestre não, portanto é dever do condutor evitar atropelamentos. E lembrar que a facha de pedestres deve ser sempre respeitada.

  10. edwaldo (COFRÃO) escreveu:

    Eu acho q tds os dois tem culpa, prq tds os motoristas são pedestres então como querem respeito tem tb de respeita-los, e nem tds os pedestres são motoristas más tb tem de colaborar e ter cuidado só atravessando na faixa ou em linha reta. O pedestre tb não pd esquecer de ver e ser visto e tb lembrar que ele é o menor e estará sujeito a maiores danos do que o motorista devido ao seu escudo, O CARRO. O próprio CTB diz que a responsabilidade dos maiores sobre os menores, os motorizados pelos não motorizados e tds pela incolumidade do pedestre. Más na verdade se tds cuidassem de si seria bem mais facil. NO TRÂNSITO DAMOS PREFERÊNCIA A NOSSA VIDA. ATÉ A PROXÍMA.

  11. edwaldo (COFRÃO) escreveu:

    Tds os dois tem culpa, prq tds os motoristas são pedestres então como querem respeito tem tb de respeita-los, e nem tds os pedestres são motoristas más tb tem de colaborar e ter cuidado só atravessando na faixa ou em linha reta. O pedestre tb não pd esquecer de ver e ser visto e tb lembrar que ele é o menor e estará sujeito a maiores danos do que o motorista devido ao seu escudo, O CARRO. O próprio CTB diz que a responsabilidade dos maiores sobre os menores, os motorizados pelos não motorizados e tds pela incolumidade do pedestre. Más na verdade se tds cuidassem de si seria bem mais facil. NO TRÂNSITO DAMOS PREFERÊNCIA A NOSSA VIDA. ATÉ A PROXÍMA.

  12. edwaldo (COFRÃO) escreveu:

    O próprio CTB diz que a responsabilidade é dos maiores sobre os menores, os motorizados pelos não motorizados e tds pela incolumidade do pedestre. Más na verdade se tds cuidassem de si seria bem mais fácil. NO TRÂNSITO DAMOS PREFERÊNCIA A NOSSA VIDA.

    ATÉ A PROXÍMA.

  13. jairo araujo da cunha escreveu:

    FAÇO UMA CAMPANHA A FAVOR DA FAIXA DESDE NOVEMBRO DE 2009 ,FUI RECEBIDO NA CAMARA DE VEREADORES,P FALAR SOBRE ESTE ASSUNTO,TENHO UMA PLACA ENORME EM FRENTE MINHA LOJA NA OPERA DE ARAME,O BRASIL PARA NA FAIXA,SO FALTA CURITIBA.É CLARO QUE NÃO FALTA SO CURITIBA,MAS UMA CIDADE QUE SE CONSIDERA MODELO NO PAIS JA DEVERIAM ESTAR PARANDO.UMA SRA ME ABORDOU NUM MERCADO E ME PERGUNTOU SOLENEMENTE COM UMA CERTA PONTA DE RECEIO,AI SERA QUE ESSA SUA PLACA NÃO É AGRESSIVA DEMAIS P CURITIBA?NÃO SERIA SE OS NOSSOS VEREADORES TIVESSEM IDO A LONDRINA E MARINGÁ APRENDER LA COPM OS VEREADORES COMO FAZER OS MOT PARAREM .

  14. flavio escreveu:

    ola , na cidade onde moro , e muito bacana os veiculos param nas faixas e deixam os pedestre passarem tranquilamente. e digo mais nao tem semafaro.

  15. Heldo Souza (Perito Criminal) escreveu:

    Coordeno plantão em final semana, trabalhando especificamente com acidente de trânsito. Lamentavelmente a grande maioria dos atropelamentos com vítima fatal e/ou com vítima socorrida, na sua maioria decorre na inobservãncia a premissa de que os veículos de maior parte serao sempre responsáveis pelos veículos de menor porte estes por sua vez pelo veículos não motorizados e, todos em conjunto pela INCOLUMIDADE DOS PEDESTRES. FATO que não ocorre sobretudo quando o pedestre enceta a travessia a que lhe petence. Aqui na cidade do Recife/Pe

  16. Heldo Souza (Perito Criminal) escreveu:

    infelizmente não estamos devidamente educados. NOS QUE SOMOS PREOCUPADOS COM A SEGURANÇA NO Trânsito TEMOS QUE TRABALHAR Intensamente NO SENTIDO DE CONSCIENTIZAR AOS MOTORISTAS DO VALOR DA VIDA E de QUE naõ UTILIZE O veículo COMO ARMA de destruição de sonhos.

  17. Nataly escreveu:

    Eu acho que as campanhas de trânsito tem de ser mais fiscalizada, e com mais freqüência,precisamos de respeito mútuo, também as mulheris precisam ser mais respeitada no trânsito, por que elas andam mais devagar e tem mais medo,mais tem medo, porque tem ums engraçadinhos que jogam elas pro escanteio, cola na trazeira do veículo e até mesmo buzina, gritam, xingão nós mulheris isto é uma falta de respeito, pois quem esta na direção sabe o quanto isto é uma arma perigosa, que deveriam uzar menos, ou só quando necessario mesmo, faixa de pedestre neim sempre é respeitada em alguns lugares, estes boizinho devem sim ser fiscalizado com freqüência, por que eles acham que é dono do mundo, vamos mudar isto contamos com a colaborização de todos…

Deixe uma resposta